Você Sabia?

Você Sabia?

Experimento revela o quão fácil é se tornar uma falsa celebridade no Instagram e ganhar patrocínios de marcas

O mercado de influenciadores digitais se tornou uma indústria de $ 1 bilhão de dólares, e você não precisa de um cão fofo ou um estilo de vida digno de filme para entrar no jogo. De acordo com uma pesquisa da agência de marketing Mediakix, qualquer um pode fechar contratos lucrativos com marcas.

A agência criou duas contas fictícias no Instagram: 1) ‘Uma modelo de estilo de vida e moda’ e 2) ‘uma fotógrafa de viagens’. Para a primeira conta, a Mediakix contratou uma modelo e fez todo o conteúdo do perfil em um dia, com uma única sessão de fotos. Apresentando Alexa Rae (calibeachgirl310). A segunda conta foi dedicada a Amanda Smith (wanderingggirl), e desta vez a Mediakix foi ainda mais longe. Toda o feed foi composto de fotos gratuitas de lugares aleatórios em todo o mundo e com garotas loiras sempre posando de frente para a câmera.

Depois de criar personalidades falsas e gerar seu conteúdo, a agência começou a comprar seguidores. “Começamos com a compra de 1.000 seguidores por dia porque estávamos preocupados com o fato de que comprar muitos seguidores de início resultaria na marcação da conta pelo Instagram”, afirmou o Mediakix. “No entanto, descobrimos rapidamente que conseguimos comprar até 15.000 seguidores de cada vez sem encontrar nenhum problema”. E quanto custa este exército? Entre 3 e 8 dólares por 1.000 seguidores.

E mais importante, se os seguidores não curtem ou comentam seus posts, eles não têm valor. Então, o próximo passo foi comprar um engajamento falso. “Uma vez que acumulamos alguns milhares de seguidores para cada conta, começamos a comprar curtidas e comentários”. O Mediakix pagou cerca de 12 centavos de dólar por comentário e entre 4 e 9 dólares por 1.000 curtidas. Para cada foto, eles compraram entre 500 a 2.500 curtidas e de 10 a 50 comentários. Todo o experimento acabou custando à Mediakix cerca de US$ 1.000 (cerca de US$ 700 para configurar calibeachgirl310 e US$ 300 para wanderingggirl). Depois que os perfis chegaram a 10 mil seguidores (o valor mínimo médio para se inscrever em plataformas de influenciadores), o Mediakix começou a negociar ofertas de patrocínio. “Nós garantimos quatro patrocínios de marcas, duas para cada conta. A conta de moda garantiu um acordo com uma empresa de maiô e outra com uma empresa nacional de alimentos e bebidas.”

“A conta de viagem garantiu patrocínio para divulgar dois produtos de uma mesma empresa, uma bebida e outro alimentício. Para cada campanha, as ‘influenciadoras’ receberam compensações monetárias, produtos gratuitos ou ambos”.

Os resultados são preocupantes para todos que investem dinheiro em campanhas publicitárias com influenciadores digitais, já que perfis com engajamento e seguidores falsos podem estar enganando milhares de empresas e marcas.

O mercado de influenciadores digitais no Instagram se tornou uma indústria bilionária, mas não é tão difícil fazer parte disso

Para mostrar o quão fácil é, a agência de marketing Mediakix decidiu realizar um experimento

Eles criaram duas contas falsas e geraram todo o conteúdo dos perfis usando fotos gratuitas e organizando uma sessão de fotos em um único dia

Tudo o que eles precisaram fazer foi comprar alguns seguidores

“Começamos com a compra de 1.000 seguidores por dia porque temiamos que a compra de muitos seguidores no início resultaria em penalidades por parte do Instagram”

“No entanto, descobrimos rapidamente que poderíamos comprar até 15.000 seguidores de uma vez sem problemas”

E quanto custa tudo isso? Entre 3 e 8 dólares por 1.000 seguidores

“Uma vez que acumulamos alguns milhares de seguidores para cada conta, começamos a comprar likes e comentários”

O Mediakix pagou cerca de 12 centavos por comentário, e entre 4 e 9 dólares por 1.000 curtidas

Logo, as contas falsas chegaram a 10 mil seguidores e então conseguiram negociar patrocínios com marcas

No final, as duas contas garantiram quatro patrocínios, duas para cada conta. A criação de ambas as contas custou à Mediakix cerca de US$ 1.000 dólares. Muito fácil, não?

Mais informações: mediakix.com (h/t: highsnobiety)

CONTINUAR LENDO

Posts relacionados