Você Sabia?

Você Sabia?

Blogueira fitness revela a realidade por trás das fotos no Instagram

Enquanto modelos super magras e com bundas perfeitamente redondas estão tomando conta do Instagram, esta blogueira está tentando mostrar ao mundo que você não deve acreditar em tudo que vê na internet.

Sara Puhto, uma blogueira finlandesa de 20 anos de idade, que adere ao Movimento Corporal Positivo –– incentivo para as pessoas serem mais tolerantes em relação aos seus corpos –– compartilha fotos de vários lados de uma mesma pessoa revelando o quanto um ângulo ou uma encolhida na barriga pode mudar uma foto. Em cada uma de suas fotos você pode ver uma diferença impressionante, ficando difícil acreditar que elas são a mesma pessoa.

“A bunda de ninguém é redonda e perfeita quando vista de todos os ângulos”, ela escreve. Com hashtags como #confiançacorporal#sejagentilcomvocêmesmo, e #progressonãoperfeição, Sara está tentando dizer ao mundo que a beleza começa com o amor próprio e aquelas fotos “perfeitamente adequadas” não são o que a nossa definição de “beleza” deveria ser.

Conheça Sara Puhto, blogueira de 20 anos que está tentando mostrar ao mundo que você não deve acreditar em tudo que vê online

Para mostra exatamente como isso funciona, ela pegou duas fotos tiradas lado a lado a poucos segundos, e a única diferença foi sua postura

“Instagram vs Vida Real –– Se eu tivesse visto a foto à esquerda um ano atrás eu teria pensado tão negativamente sobre o meu corpo, seria como se todo o meu esforço em fazer exercícios fosse pra nada, e que se alguém me olhasse, nunca pensariam que eu fazia academia há 2 anos já e pensariam que eu não estava me esforçando o suficiente. A bunda de ninguém é redonda e perfeita quando vista de todos os ângulos. O corpo de ninguém é parecido de todos os ângulos. Nunca pare de comer ou perca sua comida/bebida favorita, ou tenha uma overdose de exercícios só para “parecer bem no feriado” ou “ficar bem nas fotos de biquíni”, por que sempre vão ter ângulos que não serão “favoráveis” e farão você se sentir mal depois. Ao invés, se exercite e coma de forma saudável, pois isso vai fazer você se sentir bem e não será como uma punição. Comece a amar e aceitar o seu corpo de todos os ângulos com todas as suas “imperfeições” ao invés de tentar se encaixar no “padrão de beleza” da sociedade porque essas imagens não incluem todos os indivíduos, o que frusta. Não se odeio só por causa de fotos que ficaram ruins, elas não definem você como pessoa. Você parece ótima quando está vivendo a vida ao máximo e feliz. Não faz sentindo perder as coisas da vida e se estressa tanto. A vida não deveria ser uma competição sobre “quem é mais bonita” e nós deveríamos tentar não “parecer perfeitos” o tempo todo porque é um conceito ridículo. Você é perfeita do seu jeito.

“Ninguém tem abdome ou barriga chapada 24/7 quando se sentam”, disse ela. 

“Outro dia eu vi uma publicação no Instagram de uma celebridade que tinha claramente usado Photoshop em seu corpo para deixá-lo com mais curvas”

“A indústria da beleza contribui para nossas inseguranças e mostra apenas poucos tipos de corpos, por favor não permita que isso a faça se odiar”

“O tamanhos das roupas têm a capacidade de nos fazer sentir mal com nós mesmos quando um tamanho é maior e faz nos sentimos bem quando o tamanho é menor”

“Mas eu percebi que na verdade isso não importa”

“Só porque alguém usa um tamanho menor do que você, isso não os torna uma pessoa melhor ou uma pessoa mais bonita”

“O tamanho da roupa não te define”

“Você é linda, não importa o tamanho que você usa!”

“Ser você mesma e ter confiança é o que te faz bonita”

“Não o que uma revista de beleza retrata como bonita”

Mais informações: Instagram (Fonte: h/t)

CONTINUAR LENDO

Posts relacionados