Você Sabia?

Você Sabia?

12 mistérios que nem cientistas conseguem explicar

Desde a antiguidade, tentamos explicar inúmeras coisas “milagrosas” que existem no nosso planeta. A maioria dessas coisas hoje é explicada cientificamente. No entanto, ainda existem alguns fenômenos que são difíceis de acreditar. Juntamos 12 fenômenos misteriosos, criados pela natureza ou seres humanos, que nos fazem até hoje especular sobre eles!

12. Estrada de Bemini

Na década de 1930, o psíquico americano Edgar Cayce afirmou que em 1968 ou 1969 as ruínas da cidade perdida de Atlântida seriam encontradas em Bimini. Em setembro de 1968, 700 metros de blocos de pedra calcária bem colocados foram encontrados no mar perto de Paradise Point, no norte de Bimini. A cadeia de blocos agora é chamada de “Estrada Bimini”. Alguns pensam que estes são os restos da famosa civilização. Outros acreditam que é o resultado do aprofundamento do fundo do mar.

11. Epidemia de dança

Em julho de 1518. pessoas de Estrasburgo, França, começaram a dançar e não pararam mais. Depois de uma semana, mais 34 pessoas se juntaram aos que já estavam dançando. Após um mês, o número total de dançarinos atingiu várias centenas. Eles dançaram sem parar, e 400 pessoas morreram de cansaço, ataques cardíacos ou derrames. Este fenômeno não possui nenhuma explicação científica satisfatória. Nenhuma das teorias explica a resistência inacreditável necessária para dançar durante vários dias sem parar.

10. Andrew Carlssin

“Viajante do tempo foge da cidade!”

Em 2003, o FBI prendeu um homem acusado de uma fraude na bolsa de valores. Com apenas US$ 800, ele ganhou US$ 350 milhões através de 126 negócios de risco. Depois de ser preso, Andrew disse que recebeu as informações do futuro. De acordo com suas palavras, ele veio do ano 2256 em uma máquina do tempo. Alguém depois pagou a dele de US$ 1 milhão e Andrew Carlssin desapareceu. Segundo algumas pesquisas recentes, essa história toda não passa de uma teoria da conspiração, mas há quem duvida!

9. O rio fervente

Um jovem peruano chamado Andrés Ruzo sempre ouvia de seu avô a lenda do rio da Amazônia que literalmente “fervia” seus inimigos na água. Ele sonhava em descobrir esse rio. Depois que cresceu, se tornou um geólogo e, com ajuda de um índio local como guia, descobriu o rio em 2011A temperatura da água era de cerca de 86 °C. O milagre de sua existência é que o rio fica a 700 km do vulcão mais próximo.

8. As Estruturas de Yonaguni

As estruturas de pedra foram encontradas perto da ilha de Yonaguni (Japão) por mergulhadores em 1986. As estátuas submarinas estão em grandes grupos de até 5 andares. Foram encontrados artefatos que comprovaram que houve existência de pessoas naqueles lugares. Apesar disso, os cientistas ainda argumentam sobre a origem das pirâmides. Se pensarmos que essas formações foram feitas pelo homem, elas pertencem às civilizações pré-glacias.

7. A foto do Museu Bralorne

Esta foto mostra a abertura da ponte Gold Bridge no Canadá, em 1941. Entre a multidão está um homem que está vestido de forma absolutamente não conforme à moda de 1940. Você pode perceber uma jaqueta com zíper, uma camiseta com um logotipo do século XXI e uma câmera portátil nas mãos. Algumas pessoas têm certeza de que ele é um viajante do tempo capturado em foto. E você?

6. Geoglifos da floresta amazônica

Estudando a paisagem aberta das florestas amazônicas, os cientistas notaram numerosos desenhos esculpidos no solo. Especialistas descobriram 450 geoglifos nas partes do norte do Brasil e Bolívia. Os geoglifos mais antigos têm entre 3.000-3.500 anos de idade. A principal teoria afirma que essas construções foram destinadas a reuniões comuns, discussões e rituais de tribos indígenas.

5. Luzes durante terremotos

As luzes brilhantes que acompanham os terremotos são considerados um dos fenômenos mais misteriosos. Desde 1600, houve 65 casos comprovados de brilhos no céu durante a atividade sísmica. No entanto, a probabilidade de ver as luzes é baixa, e você só pode ver as luzes em 0,5% de todos os terremotos. Muitas teorias foram criadas para explicar o fenômeno, mas nenhum deles se aproxima da verdade.

4. A menina congelada

Em 20 de dezembro de 1980, Jean Hilliard estava dirigindo para a casa de seus pais durante uma tempestade de neve em Lengby, Minnesota. O carro de repente parou, e ela decidiu caminhar até a casa de seus amigos nas proximidades. Mas desmaiou devido ao frio e passou 6 horas na neve até que foi encontrada. A temperatura era -22 °C.

Quando Jean foi levada ao hospital, ela estava literalmente congelada, não mostrava sinais de vida, e sua pele estava tão dura que era impossível lhe darem injeção. Os médicos estavam certos de que Jean estava morta. Algum tempo depois de ser descongelada, ela começou a se mexer um pouco. Depois de 3 dias, ela começou a mover as pernas, e em 6 semanas foi considerada absolutamente saudável.

3. O navio fantasma Carroll A. Deering

Carroll A. Deering era uma escuna comercial americana que se tornou um famoso navio fantasma. Foi encalhado em 1921, sem tripulação a bordo. A galé estava cheia de comida, o diário de bordo estava ausente junto com pertences pessoais, âncoras e dispositivos de navegação. O controle da direção estava quebrado. No final de 1922, a investigação foi interrompida sem qualquer conclusão oficial.

2. O homem da chuva

O avô de Don Decker morreu em 1983, em Stroudsburg, Pensilvânia. Após o funeral, o jovem de repente sentiu febre e entrou em transe. No mesmo momento, a água começou a escorrer pelo teto e nas paredes da sala de estar. Não havia tubos de água nesta parte da casa, e todos ficaram completamente intrigados.

O amigo de Don chamou a polícia. Oficiais pediram que ele carregasse o jovem para fora da casa e o levasse a uma pizzaria próxima. O mesmo fenômeno aconteceu lá: a água começou a pingar do teto. Assim que os homens deixaram o local, a “chuva” parou. Este incidente paranormal foi mostrado no programa Unsolved Mysteries (Mistérios Não Resolvidos) em 10 de fevereiro de 1993.

1. O oceano submarino

Cientistas descobriram um gigantesco reservatório com água 660 km mais profundo que a superfície terrestre. Estima-se que o reservatório tenha 2,7 bilhões de anos. Seu volume é três vezes maior do que o volume do oceano global. Graças a essa descoberta, surgiu uma nova teoria. Os oceanos da Terra possivelmente apareceram porque o oceano subterrâneo explodiu, não vice-versa como se pensava anteriormente.

CONTINUAR LENDO

Posts relacionados