Você Sabia?

Você Sabia?

11 dos destinos turísticos mais perigosos do mundo

Hoje preparamos uma lista dos locais mais emocionantes e mais perigosos do mundo. Se você quiser que suas férias sejam um pouco mais extrema, esses lugares são perfeitos para você. Caso contrário, melhor se afastar!

Vale da Morte, Estados Unidos

Se a Terra é a nossa casa, então o Vale da Morte é o forno da cozinha. Este deslumbrante deserto mantém o recorde da maior temperatura já registrada em nosso planeta 56,7 °C. Não importa o quão durão você seja, o sol ardente e o calor abrasador do Vale da Morte irão deixá-lo exausto muito rapidamente. Sem água, você pode sobreviver aqui por apenas 14 horas.

O deserto de Danakil, Eritréia

Temperaturas de cozimento que com frequência atingem 50 ºC, numerosos vulcões ativos, geysers que cospem gases tóxicos — é difícil imaginar uma paisagem mais brutal do que o deserto africano de Danakil. A maioria das pessoas provavelmente consideram este lugar como “o inferno na terra”, mas ainda assim, atrai muitos aventureiros valentes de todo o mundo. Tenha em mente que visitar o deserto de Danakil por conta própria, sem um guia experiente, é estritamente proibido.

Monte Washington, EUA

O cume do Monte Washington mantém o recorde mundial dos ventos mais rápidos na superfície da Terra. A maior velocidade registrada é de 327 km/h. Os ventos fortes, no entanto, não são a única preocupação nesta área — as temperaturas de congelamento que podem cair para -40 ºC e nevascas contínuas e pesadas fazem do Monte Washington um lugar muito perigoso. Apesar de sua modesta altura de 1,917 metros, o Monte Washington é um dos picos mais mortíferos do mundo. A pressão que o corpo humano experimenta no topo dele podem ser comparadas às que se experimenta no pico do Monte Everest.

Vulcão Sinabung, Indonésia

Este é um vulcão ativo situado na ilha indonésia de Sumatra. As erupções ocorrem com muita frequência, muitas vezes deixando milhares de pessoas sem abrigo ou meios de subsistência. As cidades e aldeias próximas foram completamente cobertas de lava e cinzas várias vezes: em 2010, 2013, 2014 e 2015. A última explosão ocorreu em 27 de fevereiro de 2016. Essa erupção lançou uma nuvem mortal de gás vulcânico, pedras e cinzas para uma altura de 2.500 metros. E ninguém sabe o que vai acontecer lá no dia de amanhã.

lha da Queimada Grande, Brasil

Localizada a cerca de 35 quilômetros do litoral do estado de São Paulo, esta ilha é amplamente reconhecida como o lugar mais perigoso do planeta. A razão para isso é bastante simples — este lugar está cheio das cobras mais venenosas do mundo. Os pesquisadores estimam que cerca de cinco cobras por metro quadrado vivem na ilha. Existem várias histórias de pessoas que sucumbiram aos predadores mortais em algum momento. Uma dessas histórias é de um faroleiro que foi atacado pelas cobras e morreu. O farol da ilha foi automatizado desde essa fatalidade, e o governo proibiu qualquer visitante de colocar o pé lá.

Parque Nacional Madidi, Bolívia

À primeira vista, este lugar parece muito pitoresco, mas na verdade é muito perigoso. Por quê? Porque é o lar da fauna mais venenosa e agressiva do mundo: o contato com qualquer uma das plantas que crescem neste parque pode causar coceiras extremas, erupção cutânea e tonturas. Qualquer corte, ou mesmo uma ferida pequena, pode infectar você com parasitas tropicais.

Vale da Morte, Kamchatka, Rússia

A península de Kamchatka, no Extremo Oriente russo, também tem seu próprio Vale da Morte. Está localizado não muito longe do famoso Vale dos Gêiseres. As altas concentrações de gases tóxicos encontrados nesta área representam uma séria ameaça para todos os seres vivos: plantas e animais morrem rapidamente, enquanto que pessoas começam a passar mal com febres, tonturas e calafrios.

Atol de biquíni, Ilhas Marshall

Perdida em algum lugar do oceano, esta ilha parece um paraíso, não é mesmo? Mas o Atol Bikini era o lar de inúmeros programas de testes nucleares que transformaram a pitoresca ilha de Bikini em uma região deserta radioativa. Os habitantes foram forçados a abandonar suas casas e até hoje permanece perigoso para os organismos vivos: o alto nível de radiação registrado aqui pode causar câncer.

Reino dos Elefantes em Chonburi, Tailândia

No Reino dos Elefantes, na Tailândia, em uma fazenda de crocodilos, o proprietário arrenda um pequeno espaço de jangada semi-fechada para que os turistas visitem, vejam e tratem os crocodilos! A jangada é feita de madeira fina equilibrada em barris de plástico e tem uma rede de proteção em volta. A cabana tem um telhado também. As pessoas entram e recebem varas de pesca para alimentar os bichanos. Eles usam carne ou pedaços de carne anexados às varas e balançam elas para os crocodilos. Os répteis então pulam da água para pegar a carne e seus alimentos. Há turistas que também provocam os animais, pendurando a carne na frente deles e depois puxando-a para cima enquanto os animais com fome tentam alcançar.

Depressão de Afar, Etiópia

O vulcão Erta Ale, na região de Afar, na Etiópia, é um dos vulcões mais perigosos do planeta. Pequenos terremotos estão constantemente abalando a região, formando numerosos abismos profundos. Isso acontece porque a Erta Ale contém dois lagos de lava na cratera. A quantidade de lava neles está em constante mudança, fazendo com que a superfície da Terra se agite para cima e para baixo.

Lago Natron, Tanzânia

Pode parecer uma paisagem extraterrestre, mas essa imagem surreal é na verdade a foto do lago Natron na Tanzânia. A crosta de sal alcalina na superfície do lago é tão perigosa que todos os seres vivos morrem apenas entrando em contato com ela. Por razões óbvias, a natação neste lago é estritamente proibida e o forte odor de sulfureto de hidrogênio proveniente da superfície do lago não permitirá admirar o cenário deslumbrante por muito tempo.

Bônus: Ilha Sentinela do Norte

A Ilha Sentinela do Norte está entre Andaman e Nicobar, que é um grupo de 572 ilhas no Golfo de Bengala, localizado entre Mianmar e a Indonésia. Estas ilhas são formalmente uma parte da República da Índia, a fim de preservar a cultura distinta dessas terras. A Ilha Sentinela do Norte é o lar dos Sentinelas, uma pequena tribo que é conhecida por energicamente resistir às tentativas de contato por pessoas de fora e tem habitado a ilha há milhares de anos.

A ilha é completamente intocada pela civilização moderna e seus habitantes matam todos os estrangeiros que tentam chegar muito perto de suas terras. Eles atacam pescadores, jornalistas, antropólogos e representantes do governo com suas lanças e flechas. Ninguém jamais visitou essa ilha e saiu vivo.

CONTINUAR LENDO

Posts relacionados